Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Estiagem RS

Ciclo 2019/2020 e 2020/2021

Publicação:

alertaestiagem
alertaestiagem

Estiagens no Rio Grande do Sul

Nos dois últimos verões (2020 e 2021) foi identificado diminuição da disponibilidade hídrica nos principais corpos hídricos do Estado, associado a identificação da diminuição da precipitação, em relação às normais climatológicas, bem como pela irregularidade de precipitação tanto do ponto de vista temporal quanto espacial.

Esta anomalia persistiu entre os períodos menos úmidos, resultando na falta de recuperação satisfatória dos volumes de água no solo e subsolo.

Esta condição demanda maior atenção principalmente em bacias hidrográficas especiais (em que a demanda está muito próxima da disponibilidade).

As principais ações de combate aos efeitos da estiagem são:

  1. Diagnóstico (órgão gestor e demais)
  2. Acordos (comitê)
  3. (re)Análise dos instrumentos de comando e controle (outorga dos recursos hídricos – órgão gestor)
  4. Monitoramento hidrometeorológico (órgão gestor e demais)
  5. Comunicação (órgão gestor e demais)
  6. Fiscalização (órgão gestor e demais)

Durante as fases agudas de estiagem, a Sala de Situação passou a divulgar semanalmente boletins em que era apresentado, para aquele intervalo de tempo, as condições climatológicas e hidrológicas do Estado.

A Sala de Situação acaba de publicar relatório em que as informações relacionadas a este último ciclo foram consistidos em um único documento. Este relatório pode ser encontrado no link abaixo.

Informações relacionadas às bacias especiais podem ser encontradas nos atalhos abaixo.

Informações hidro meteorológicas podem ser encontradas nos atalhos abaixo.

Sema - Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura